A aurora da Minha Vida…

Quando menor, eu queria ser arqueóloga. Sempre gostei da ideia de descobrir coisas antigas que já tiveram sido importantes algum dia para alguém. Saía cavando o quintal de casa na esperança de encontrar estruturas ósseas e grandes fósseis, mas o máximo que conseguia era um montão de minhoca e terra embaixo das unhas cortadas ao estilo toco, e quando tinha sorte encontrava uns brinquedos antigos que eu tinha abandonado na infância. Foram bons tempos aqueles.. até colocarem piso no quintal, e minha alegria ir por “cimento abaixo”..  Continuar lendo

Anúncios

Relativismo Temporal

Tempo.. está aí um negócio bem relativo, pense bem… O que é o tempo? Ela olha no espelho e ignora que o tempo é uma criança criada no subúrbio da espavita vida da cidade grande, cercada de falsas verdades, dinheiro sujo, corrupção.. puxa, quanta coisa ruim pra se abordar em um único paragrafo. Cansei. Cansei de tudo aquilo que nos cerca, se é que isso seja ao menos relevante, cá entre nós, não é! Continuar lendo

Dicas sustentáveis para aproveitar sobras de Alimentos

Alô humano do outro lado da tela, como vai?? Bem, eu espero.. No post de hoje vou voltar um cadinho pra parte sustentável de se levar a vida. Se, assim como eu, você; caro leitor(a), já se deparou com um monte de sobras de alimentos na geladeira, ou após as refeições, viu no seu prato um montão de comida que poderia ter um outro destino.. Senta aí que isso aqui foi feito pra você! Continuar lendo

A mania de rascunhar a vida

Olhando atentamente pra minha vida até hoje, finalmente eu pude chegar a uma conclusão.. meio simbológica, bem rasa mesmo, só a nível de auto-afirmação e observação mundana… Tenho mania de rascunhar! Isso mesmo! Esquisito né?! Que coisa mais doida Carine, Rascunhar? como assim??

Bom, é isso mesmo! Bem confuso.. tanto que até dá pra montar uma teoria caótica que envolva muitos rascunhos e uma mesa cheia de papéis e anotações, daqueles que ninguém faz a minima ideia de como surgiram ali do nada. Continuar lendo

5 filmes e séries que vão bugar sua cabeça loucamente!

Olá humano! Como vais? Bem, eu espero, porque do lado de cá, sentada em uma cadeira a alma que vos escreve já não aguentava mais esperar por esse post fantástico! Filmes e séries bugantes..que vão revirar sua cabeçinha em uma dança totalmente irresistible e te deixar com o queixo lá no chão! Isso mesmo… Ao melhor estilo Carinês de se levar a vida.. Nha, chega de enrolação, pega logo sua almofada, um balde de pipoca e… bora bugar a mente??

Continuar lendo

A vida é uma puta mal paga

Parece que o mundo desaba de vez em quando não é? Você está lá bem, e do nada opa..esbaforido você tropeça e cai em tristeza profunda lá nas entranhas do poço da vida. Quando você acha que não podia piorar, aí que as coisas acontecem! Engraçado essa mania da vida de brincar de iludir, de nos jogar pro alto na adrenalina do momento e depois sair debaixo sem segurar e nem ao menos amortecer a queda.. Continuar lendo

Olá, seja bem vindo ao inferno feminino!

    Nesse momento que estou eu aqui escrevendo, encontro-me fazendo uma ponte com as pernas jogadas para o alto de apoio com o sofá. Deve estar aí pensando que essa é mais uma das minhas tentativas de me tornar mais flexível ou só ganhar uma fratura óssea mesmo…. Mas por incrível que pareça, não é por nenhum desses motivos não, só estou nessa posição porque é a única que meu útero se sente confortável para realizar o ato formidável de me perfurar por dentro, causando uma tremenda dor. Continuar lendo

Sobre Borboletas e Champagne

Estes dias uma borboleta veio visitar o Antules de minha mãe. Ele fica num vaso de barro vistoso ao lado da mesa de estudos, enquanto que eu, aleata em meus pensamentos diante do pesaroso trabalho de resolver formulas algébricas e decompor forças, acabei perdendo um dos maiores espetáculos… Calculo eu frivolamente que devo ter chegado ao momento que antecede ao beijo, uns 15 segundos mais ou menos atrasada. Ela era azul, banhada com um cinza bem opaco na pontinha de suas asas, que contrastava com as goticulas pretas vestindo a extensão de seu corpo…. Ahhh linda borboleta, viestes dar um beijo naquela flor, mas quem sentira-se beijada, fora eu… Continuar lendo